hacker is not a crime

Um erro ortográfico deitou “quase tudo” a perder quando um hacker se preparava para roubar 870 milhões de dólares a um banco.

Aconteceu em Fevereiro, quando os sistemas do Banco do Bangladesh foram comprometidos e roubadas as credenciais para pagamentos por transferência bancária. Seguiu-se um bombardeamento ao Banco da Reserva Federal de Nova Iorque com cerca de 30 pedidos sequênciais de transferências.

As primeiras quatro transferências foram feitas com sucesso, totalizando 81 milhões de dólares, mas a quinta foi recusada porque os hackers se enganaram a escrever o nome da ONG que seria supostamente beneficiária.

A ONG tinha como nome Shalika Foundation, mas ao invés de “Foundation” estava escrito “Fandation”.

Apesar do falhanço parcial, este já é considerado o maior roubo bancário da história. Embora os hackers não tenham ainda sido apanhados, algum do dinheiro já foi recuperado.

Fonte: Reuters