As modalidades de formação que marcam a diferença nas organizações

A formação é um dos pontos fundamentais para o desenvolvimento de todos os profissionais, em qualquer organização. Potenciar a aquisição e atualização de conhecimentos através de diferentes modalidades de formação traz ótimos resultados, contribui para a retenção de talento e para o crescimento conjunto.

A formação para o crescimento

Todos os players no mercado estão preocupados em chegar aos melhores resultados, conquistar uma ótima performance e alcançar uma posição distinta. Sejam as organizações, os clientes ou os profissionais, todos os envolvidos procuram a excelência no seu trabalho.

Nesse sentido, a formação contínua é fundamental por diversos motivos:

  • Aprofunda conhecimentos
  • Atualiza os profissionais para as melhores práticas na área
  • Desenvolve competências técnicas e comportamentais
  • Potencia os melhores resultados
  • Favorece a retenção de talento na organização
  • Destaca a organização entre a competição

Na Olisipo, a formação técnica e comportamental é uma das componentes em que apostamos fortemente por todas estas razões. Enquanto entidade de formação de referência há duas décadas, a Olisipo reconhece nos seus clientes a procura contínua pelos objetivos referidos em cima, apostando em modalidades diferentes para alcançarem os melhores resultados.

Modalidades de formação

Há diferentes modalidades, opções e plataformas para levar a formação mais longe. As possibilidades que o digital traz tornam o processo de aprendizagem mais atrativo, flexível e adaptado às realidades de cada talento, contribuindo para os melhores resultados globais.

Disponibilizar diferentes ferramentas e opções para concretizar formação é um passo fundamental para levar as organizações mais longe. Além de contribuir para a valorização e retenção dos colaboradores, é um fator de diferenciação no mercado.

1. Presencial e Live Training

Como o nome indica, a formação presencial é uma das modalidades de formação que acolhe os formandos e formadores no local. As ações formativas decorrem num espaço físico, permitindo uma maior interação entre todos os participantes.

Na Olisipo, promovemos formação presencial de três formas diferentes:

  • Nas instalações do cliente
  • No Learning Center da Olisipo
  • Nas instalações de terceiros (hotéis, salas de conferências, outros espaços)

Por força das circunstâncias pandémicas, foi preciso encontrar resposta para as necessidades dos profissionais. Sabendo das vantagens de participar em formação ao vivo, adoptou-se um formato digital para continuar a acolher formação em tempo real.

O modelo de Live Training foi amplamente adotado por formandos e formadores, que podem agora ​continuar a beneficiar da formação em tempo real, com a presença simultânea de formadores e dos outros colegas formandos. Desta forma, continua a beneficiar da troca de experiências com os seus pares, colocar dúvidas, interagir com todos, obter feedbacks imediatos, entre outros. ​A estas vantagens, alia-se ainda a possibilidade de fazer tudo isto a partir do conforto do local onde escolher estar.

2. À medida

A formação não é one size fits all: todos os profissionais, equipas e clientes são diferentes. Então, as soluções formativas devem adequar-se à realidade e aos objetivos de cada um, fazendo da formação à medida a regra e não a exceção.

Para dar resposta às necessidades específicas levantadas por cada cliente e criar a opção mais acertada, adaptam-se materiais, formadores, timings e recursos. Aqui, podem englobar-se diferentes modalidades de formação, consoante a disponibilidade, as expetativas e o budget.

Na Olisipo, para além das formações de calendário que disponibilizamos ao longo do ano, a nossa especialização e enfoque principal  é o desenvolvimento de soluções à medida de cada desafio. Em vez de pegar numa oferta standard, de catálogo, onde o conteúdo é imutável e serve para todos, primamos por partir da necessidade do cliente para a construção de uma solução eficaz e com resultados mensuráveis. Atendendo às ambições e ao contexto da equipa e dos profissionais, e em estreita colaboração com estes, criamos as respostas mais adequadas.

3. On the job

​As soluções de capacitação prática no início ou a meio de uma função, podem ser potenciadas com uma abordagem on the job. Através da prática de soluções hands on, a aprendizagem faz-se diretamente no seu local de trabalho. Os formandos têm a oportunidade de:

  • ​​conjugar uma componente mais teórica, aplicando-a depois de forma prática, em contexto real e com o acompanhamento de consultores especializados;
  • ​centrar-se apenas na componente prática desta solução, com o objetivo de resolver qualquer situação ou oportunidade de melhoria identificadas.

Assim, enquanto recebem a informação podem de imediato aplicar, testar e desenvolver durante o seu trabalho. Em simultâneo, esta modalidade de formação não cria disrupção no ritmo de produção, já que a aprendizagem decorre no próprio ciclo de trabalho com apoio de um formador ou de outros materiais.

4. Video Learning

A possibilidade de explorar diferentes matérias de acordo com a disponibilidade do profissional é uma das características mais atrativas nas modalidades de formação assíncrona. Entre essas encontra-se o Video Learning, cujo processo de aprendizagem é explorado através do vídeo.

Com apresentação, slides, explicação do formador e ainda exercícios práticos ao longo do curso, o Video Learning permite participar em diferentes cursos conforme o tempo disponível dos formandos.

Esta opção é disponibilizada na Olisipo, através da plataforma Udemy for Business que contém mais de 3 mil cursos ao dispor dos colaboradores. Seja para se iniciarem em temas mais técnicos ou trabalharem as suas soft skills, o video learning contribui para alargar os seus conhecimentos e poderem evoluir.

5. Blended Learning

Neste formato, junta-se “o melhor dos dois mundos” para potenciar a aprendizagem. O regime de Blended Learning (ou b-learning) faz um mix equilibrado de formação remota e presencial, de forma a permitir que os formandos usufruam das vantagens de ambas as modalidades de formação.

De forma frequente, as aulas online são direcionadas à parte mais te´órica da formação, enquanto as horas presenciais beneficiam de exercícios práticos e em grupo.

6. e-Learning

Tirando partido das ferramentas digitais, ​este modelo contempla a aprendizagem à distância com um apoio reduzido dos consultores e formadores Olisipo. Destina-se primordialmente a quem já possui alguns conhecimentos na área que quer abranger e que dê preferência à modalidade de auto-estudo. Portanto, através de plataformas técnicas específicas para a gestão dos conteúdos, como o Moodle, os cursos são disponibilizados em módulos e com recurso a diferentes materiais.

Vídeo, apresentação de slides, white papers, e-books ou outros conteúdos são a base teórica destes cursos. À semelhança de outras formações remotas, o regime e-learning permite que os formandos concretizem cada módulo à sua velocidade, dentro de um calendário de estudos já estipulado.

7. Coaching

Num regime um pouco diferente, a modalidade de coaching assume um papel relevante para desenvolver o potencial do coachee. Com foco num dado problema pessoal ou profissional, o coaching utiliza diferentes ferramentas para compreender o problema e “desbloquear” a sua solução, acompanhando e orientado de forma próxima este progresso.

O coach trabalha em conjunto com o coachee, de forma individual ou em grupo, para explorar de forma mais aprofundada algumas questões que estão a impedir a evolução dos indivíduos. O objetivo passa por encontrar ferramentas e desenvolver competências para que os profissionais, de forma autónoma, saibam encarar e responder aos desafios que surjam.

8. Formação interna

Aproveitando o potencial dos colaboradores internos de uma organização, a formação é orientada precisamente pelos profissionais in house. O conhecimento das funções e a identificação com a cultura da empresa são alguns dos fatores que valorizam a formação para outros colegas.

Seja através de colaboradores mais sénior ou com um perfil mais indicado para promover a aprendizagem, a formação interna tira partido dos seus conhecimentos e capacidades para cooperar no desenvolvimento de competências de outras equipas e profissionais dentro da organização.

Há diferentes modalidades de formação a explorar, individualmente ou de forma integrada e complementar, de acordo com os recursos disponíveis e as preferências dos colaboradores. Seja qual for o formato escolhido, nunca é tarde para apostar no desenvolvimento de competências. Conte com a Olisipo para encontrar os formatos mais acertados à sua realidade, facilitando a aquisição de conhecimentos das suas equipas e alavancando os resultados do negócio.

Pedir mais Informações

Joana Cidades

Content Manager

Yeah!

Your message was successful sent.

OK

Hey

We use cookies to offer you a better browsing experience, analyse site traffic, presonalize content, and serve targeted ads. Read how we use cookies and how you can control them in our “Cookie Settings”.
By using our site, you consent to our use of cookies.

> Cookie Settings

√ Accept Cookies